Artigos

“Fabricando” um VRM caseiro de R$15 – Parte I

Falae galera, tudo de boas?

Para o pessoal que acompanha/participa do HWBOT ou de outras comunidades de overclock extremo já deve ter visto o pessoal utilizando VRMs externos em VGA’s, para quem nunca viu, é disso que estou falando:

epower

A VGA acima é uma GeForce Titan e o VRM é a eVGA EPower Board, que basicamente trata-se da única solução do tipo que pode ser encontrada a venda. Vários outros fabricantes como a GIGABYTE, Asus e Galaxy já mostraram (review dessas placas aqui) soluções similares, no entanto, apenas a eVGA que teve bolas de colocar o produto no mercado, sendo que para todos esses outros fabricantes essas placas estão restritas apenas a alguns poucos overclockers de elite.

De qualquer forma, essa é uma solução que apesar de ser relativamente barata ($100) em relação a uma GeForce Titan ($1000) acaba se tornando algo bastante custoso para o pobre mortal que quer apenas tentar tirar um pouco mais de algumas VGAs bem mais humildes que essa e que também carecem de um VRM melhorzinho.

Existe a opção de se pegar um VGA morta e “reciclar” o VRM (caso esteja funcional) e fazer uma coisa dessa caseira, alias, já tentei fazer com uns cacarecos mortos que tinha jogado por aqui mas infelizmente sempre esbarrei em dificuldades que variam desde datasheets não disponíveis até um pequeno princípio de incêndio! 😀

tin3

(Zumbi de 4850 feito pelo TiN)

Caso alguém se interesse por essa abordagem, esse tópico do TiN é de grande valia: http://kingpincooling.com/forum/showthread.php?t=980

Até que esses dias atrás um amigo meu me mostrou um anúncio no ML de um cara vendendo uma placa VRM de um servidor velho da IBM (modelo: IBM XSeries 360) pela bagatela ai do título, é uma placa meio velhinha e que diz fornecer no máximo 40A (o EPower fornece 400A) mas por R$15 e pela zueira utilidade que isso teria resolvi abraçar e tentar fazer essa joça funcionar.

Eis a placa em questão:

Agora se isso ai vai funcionar é na parte II que iremos descobrir… 😉

EDIT 10/12/2016: Link para a segunda parte:

https://theoverclockingpage.wordpress.com/2016/01/27/fabricando-um-vrm-caseiro-de-r15-parte-ii/

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s